Abaixo assinado virtual

Aposentados da Embratel/Claro continuam na luta para manter a garantia da assistência médica pós aposentadoria, para os participantes do Plano de Beneficio Definido, o PBD

A Claro/Embratel, de forma unilateral, alterou a cobertura de plano de saúde que há décadas atende os aposentados e pensionistas da Embratel. Com isso, centenas deles, cujas aposentadorias são de valores baixos, perderão a cobertura de saúde a que têm direito.

A Claro/Embratel é uma empresa lucrativa. Seu lucro, em 2019, totalizou R$ 13,969 bilhões. Uma alta de 10,8% em relação a 2018. E o faturamento, nesse mesmo período, chegou a R$ 35,897 bilhões. O dono da Claro é o mexicano Carlos Slim, o homem mais rico da América Latina e o quinto mais rico do mundo. Sua fortuna está estimada em US$ 64 bilhões - que equivale a 6% do PIB do México.

É essa empresa que quer cortar os planos de saúde de quem mais necessita. Pedimos sua assinatura como apoio a essa petição, que será encaminhada à empresa e às autoridades que podem contribuir para evitar esse crime, entre elas a Defensoria Pública.

3 meses atrás

Compartilhe:

Assine este manifesto:

Telefone e e-mail serão omitidos na lista, sendo usado somente para fins notificação de novidades e validação da assinatura.